Como ganhar dinheiro com fotografia? Como vender?

Hoje em dia, com um mundo cada vez mais digital e conectado, com diversas redes sociais — algumas delas dedicadas exclusivamente para fotografias, como o Instagram, e com gente ganhando a vida com isso, pode surgir um interesse: o de se tornar fotógrafo e fazer disso uma profissão, especialmente pela acessibilidade de equipamentos fotográficos.

Mas aí surge a dúvida que permeia todo novo negócio: como começar? Como tornar lucrativa a atividade? Para responder essas e outras perguntas, preparamos esse artigo que certamente lhe ajudará a dar os primeiros passos em direção a uma carreira de sucesso na fotografia! Confira!

Como iniciar uma carreira de fotógrafo?

Dinheiro com fotografia

Como todo negócio, é necessário um investimento inicial: em um bom equipamento e cursos de formação.

A começar pelo equipamento, a nossa recomendação é que você faça uma busca em fóruns, sites e canais especializados em fotografia de bons equipamentos fotográficos para quem está começando. Não dê passos muito ousados no começo, já comprando um equipamento de nível profissional: no início, uma câmera básica já bastará para você criar seu portfólio e começar a entrar nesse mundo tão disputado.

Caso você não tenha condições de investir num equipamento já agora, faça uso do que você tiver à sua disposição: uma smartphone já basta. Comece a praticar, aprendendo técnicas de fotografia, edição etc. e economize para investir no seu sonho.

Também não é recomendado pegar equipamentos muito caros já no início justamente por eles serem mais complexos, com diversas funções, o que pode ter um efeito negativo: você pode se frustrar por não saber usá-lo adequadamente e acabar desistindo da ideia. Portanto, não tente dar passos maiores do que a suas pernas podem dar!

Já em relação ao investimento em estudos, ele pode ir desde comprar livros ou videoaulas que tratem a respeito da fotografia a investir num curso formal, em alguma escola de fotografia ou universidade. Tudo depende do seu estilo, do seu ritmo e de até onde você deseja ir.

Mas lembre-se: justamente por ser um mercado tão competitivo, ter algum curso pode já ser um diferencial para o seu currículo, assim como um bom portfólio, o que pode fazer com que você se destaque e seja chamado para mais serviços. Sem falar, obviamente, no conhecimento que você ganhará com isso. Investimentos nunca são em vão!

É realmente possível ganhar dinheiro com fotografia?

Dinheiro com fotografia

A resposta é: sim. Mas não espere dinheiro fácil. Como todo trabalho, será preciso muita dedicação e, como vimos, investimento.

Hoje em dia, a maior parte dos fotógrafos ganham a vida como autônomos. E, para isso, especializam-se em determinado segmento: festas, eventos, retratos, paisagens, modas, etc. Você pode até tentar abranger todos esses segmentos, mas, geralmente, os contratantes buscam pessoas especializadas, justamente por terem mais conhecimento na área em questão.

Escolhendo o segmento, comece a buscar informações a respeito do mercado. Uma dica importante é desenvolver networking conhecendo outros fotógrafos e pegando informações a respeito de como eles chegaram onde chegaram, como conseguir contratos, oportunidades, etc.

Tendo contato com fotógrafos já estabelecidos, você pode inclusive buscar oportunidades de se tornar assistente, juntando o útil ao agradável: ganhando dinheiro e aprendendo com a experiência deles. Ou, quem sabe, conseguir recomendação em alguma agência de fotografia.

E lembre-se: não é porque você é autônomo que você não deve ter pensamento empreendedor, pelo contrário: sendo seu próprio chefe, seu futuro na área dependerá exclusivamente de suas ações.

Uma dica é formalizar-se na área, tornando-se um microempreendedor individual (MEI). É claro, com isso, você poderá ter uma dor de cabeça no início, por conta de toda a burocracia por trás do licenciamento e dos impostos que terá que começar a pagar (não se assuste, não é nada muito caro!). Porém, com isso, você terá seu CNPJ, poderá emitir nota fiscal e, principalmente, dará um dos mais importantes passos para partir para o profissionalismo, o que, nos olhos dos contratantes, é algo bastante importante.

Como vender as fotografias?

Dinheiro com fotografia

Ok, você está com seu equipamento, está investindo na sua formação, está formalizado e já tem seu próprio portfólio: e agora, como eu vendo as fotos que eu tiro? Bem, há algumas opções.

A primeira delas, mais óbvia, é a de ir em busca de clientes que já estão propensos a pagar por elas. Aí depende do seu segmento. Para atingir esses clientes você pode investir em um site pessoal, no qual exibirá seu portfólio, disponibilizará formas de contato, etc. A internet é uma excelente ferramenta para isso. Você pode, inclusive, colocar suas fotografias à venda diretamente em seu site, vendendo o direito delas a quem se interessar.

É bom sonhar alto, mas, no começo, mantenha os pés no chão. Uma dica é procurar negócios locais e independentes, como mercados, restaurantes, barbeiros etc. e propor algum tipo de serviço para eles. Esses estabelecimentos geralmente querem divulgar as suas marcas, mas sem gastar muito em grandes campanhas, e necessitam de fotógrafos independentes, como você!

Outra opção é vender as fotos em plataformas próprias para isso, como o iStock, ShutterStock e outros sites que funcionam como depósitos de imagens em que agências de publicidade ou de marketing digital vão para conseguir material para seus sites. Geralmente, esses sites pagam uma comissão ao fotógrafo pelo número de downloads que a foto teve.

De que outras formas posso ganhar dinheiro com a fotografia?

Hoje em dia, estamos na era dos cursos on-line, dos workshops, do coaching. Conforme você se especializar na fotografia, você poderá começar a dar cursos e ministrar workshops na área, o que já se provou um negócio bastante rentável.

Outras opções incluem ter um blog pessoal, escrevendo sobre fotografia, dando dicas, expondo suas obras etc. para, com isso, ganhar com os acessos ao mesmo tempo em que atrai possíveis clientes e possíveis patrocinadores. Ou, ainda, criar um canal no YouTube, com o mesmo propósito.


Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply