Como importar do Paraguai? Melhores dicas para você ganhar dinheiro!

Não é de hoje que muitos empreendedores brasileiros compram produtos no Paraguai e revendem no Brasil. Mas, isso era comumente feito de maneira ilegal, através de “sacoleiros” que viajavam até o País vizinho para comprar e atravessar a mercadoria.

O fato é que existe a possibilidade de como importar do Paraguai e revender para o Brasil de maneira legal. Se você quer entender como fazer isso, continue lendo as dicas abaixo!

Importar do Paraguai

Importar do Paraguai paga imposto?

Os melhores itens para comprar no Paraguai são eletrônicos, brinquedos e cosméticos. Sabemos que esses produtos, em sua maioria são importados de outros países, portanto, eles não têm isenção de impostos.

Os únicos produtos de importação do Paraguai que tem isenção de impostos são os que são produzidos no próprio País ou em algum País do MERCOSUL.

Existem muitas empresas que pensaram em fazer importação para o Paraguai e posteriormente para o Brasil, uma espécie de triangulação nas etapas. Por exemplo: Os produtos saem da China, são levados ao Paraguai e por fim, ao Brasil.

Ou seja, se trata de procedimentos de importação legais com o objetivo de se livrar de alguns tributos.

No entanto, essa não é a realidade. Fazer esse tipo de operação não vai lhe trazer economia, pelo contrário, pode gastar mais do que fazer uma importação direta da China.

Agora, se o que você pensa é importar de uma empresa do Paraguai para revender no Brasil, você pagará os impostos da mercadoria conforme a sua origem, se forem produzidas dentro dos Países do MERCOSUL, existem algumas vantagens tributárias.

Como importar do Paraguai para revender no Brasil?

Digamos que o seu objetivo é importar do Paraguai produtos que não são necessariamente fabricados em nenhum dos países do bloco do MERCOSUL, mas mesmo assim você quer ganhar algumas vantagens no pagamento do imposto de importação (II).

A única forma de fazer essa operação é quando um produto tem 40% do valor agregado ao Paraguai. Ou seja, o produto chega no País com um valor e sai de lá valendo 40% a mais acima do preço.

Importar do Paraguai

Para ficar mais fácil de entender. O empresário que deseja importar um produto do Paraguai para o Brasil sem pagar o imposto de importação, deve eleger um produto que foi pelo menos montado e finalizado no Paraguai, caso os produtos sejam importados por eles inteiros, como é caso de muitos itens comercializados por lá, a questão do imposto não se difere.

Para obter essa vantagem de não pagar o Imposto de Importação, o produto final deve ter a etiqueta ” MADE IN PY”.

Portanto, se o objetivo é comprar legalmente os produtos do Paraguai, é importante fazer isso através de um despachante aduaneiro que providenciará todos os trâmites burocráticos e vai passar as informações com relação aos tributos que envolve a operação.

Como importar do Paraguai legalmente?

Se você não quer fazer parte dos “sacoleiros” que compram mercadorias ilegalmente do Paraguai, então, a solução está aqui.

Primeiramente, é preciso entender que importar do Paraguai exige a RTU (Regime de Tributação Unificada), essa é uma modalidade que habilita uma microempresa brasileira a importar mercadorias do Paraguai de maneira legal.

Vale lembrar que toda a operação precisa ser feita por via terrestre entre a fronteira da Ciudad Del Este e Foz do Iguaçu – PR, por meio do despacho aduaneiro simplificado.

É imprescindível que a empresa esteja enquadrada no regime do Simples Nacional.

Com relação aos tributos envolvidos na operação estão:

  • 25% sobre o valor da mercadoria;
  • ICMS.

Importar do Paraguai

Existe o limite máximo por ano de 110 mil reais, os limites trimestrais (1º e 2º) de 18 mil e para os 3º e 4º trimestres de 37 mil.

As faturas devem ser emitidas separadamente, pois cada produto pode exigir um tipo de tratamento administrativo específico.

Além disso, toda a mercadoria de uma fatura deve ser transportada em um menos veículo. Por isso, é fundamental checar se há espaço disponível, caso contrário, é necessário fazer mais de uma fatura.

Depois de emitida a fatura, o represente credenciado deve fazer o recolhimento do ICMS para liberar a entrada da mercadoria no mercado brasileiro.

Enquanto isso, o representante aduaneiro deve:

  • Acompanhar todo o transporte da mercadoria desde a aduana do Paraguai até a chegada do Brasil;
  • Todas as mercadorias devem estar listadas nas faturas conforme a RTU;
  • O transporte pode ser solicitado pela internet antes da chegada da mercadoria na aduana do Paraguai;
  • É na aduana do Paraguai que deve ser realizada o registro do início da operação.

O empresário interessado em importar do Paraguai legalmente para revender no Brasil, deve contratar uma assessoria de um despachante aduaneiro especializado. Desse modo, as exigências serão todas atendidas e não haverá grandes problemas.


Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply