Como vender pelo iFood? Requisitos e passo a passo para restaurantes

O iFood é uma das plataformas mais importantes dos dias atuais, especialmente durante a pandemia do novo coronavírus que exige mais isolamento e menos contato presencial. 

Funcionando como uma praça de alimentação virtual, o iFood pode ser sua ferramenta para alavancar suas vendas.

Entenda mais sobre como funciona para os restaurantes o uso do iFood e como você pode fazer parte! 

O que é o iFood para restaurantes?

O iFood é um aplicativo para que clientes solicitem pedidos em restaurantes de seu interesse ou que disponibilizem entrega para a região.

Com o download do app, os estabelecimentos encontraram uma grande solução para não perder clientela em meio à crise de saúde de pública.

Por meio dessa proposta, essa dinâmica de vendas vem chamando a atenção de restaurantes que ainda não fazem parte do iFood e precisam de alternativas para manutenção e aumento da renda.

ifood

Quais os requisitos para cadastro do restaurante no iFood?

Para fazer parte do aplicativo iFood como restaurante parceiro, é necessário cumprir alguns requisitos básicos.

São eles:

  • O estabelecimento precisa ter CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas),
  • O estabelecimento precisa ter conta bancária vinculada ao CNPJ da empresa.

Se for MEI (Microempreendedor Individual), a conta poderá ser vinculada ao responsável legal.

  • O administrador (que irá gerenciar os pedidos) precisará de um computador ou celular que tenha sistema operacional Android.

Se você se encaixa nesses critérios, faça seu cadastro!

Como fazer o cadastro do restaurante no iFood?

Para cadastrar seu estabelecimento no iFood, acesse o site oficial da empresa. Na tela, digite o nome completo, o telefone e seu e-mail. Depois, clique em “Começar o cadastro”.

Entenda que você ainda precisará informar outros dados importantes, além de definir qual plano deseja para seu restaurante.

Atualmente, o iFood oferece dois planos:

  • Plano Básico:

Nesse, o restaurante fica responsável pela produção e entrega dos pedidos realizados pelos clientes. 

O estabelecimento tem como mensalidade de R$ 100 se vender mais de R$1.800 por mês. A comissão é de até 12% sobre o valor total de cada pedido, mais taxa de 3,5% nos pedidos com pagamento via iFood (ou outro valor dependendo da modalidade contratada).

O próprio restaurante é quem define a taxa de entrega – a que o cliente paga quando faz o pedido.

  • Plano Entrega:

Nesta modalidade, a entrega dos pedidos é feita por parceiros de entrega independentes cadastrados na plataforma do iFood, ou seja, o restaurante só fica responsável pela produção dos pedidos.

A mensalidade é fixa de R$ 130 se a venda ultrapassar R$ 1.800 por mês. A comissão é de 23% sobre o valor total de cada pedido, além da taxa de 3,5% nos pedidos com pagamentos via iFood (ou outro valor conforme a modalidade escolhida).

O Plano Entrega não está disponível para todas as regiões, por isso é necessário que você verifique a disponibilidade do mesmo ao cadastrar o endereço de seu restaurante, ok?

Dicas para aumentar as vendas no iFood

Estrategicamente, você deve entender que certas atitudes podem valorizar seu estabelecimento no iFood.

Entre as várias técnicas úteis que você pode incluir em seu trabalho ao vender pelo iFood, aqui estão cinco:

1– Faça fotografias caprichadas de seus pratos para despertar o desejo dos clientes, prestando atenção na iluminação e ângulos.

Lembre-se de nunca vender uma imagem enganosa de seu produto, ok?

2– Crie um cardápio bem elaborado, pois a descrição dos produtos deve ser criativa, detalhada e clara dos seus pratos.

Informe o tamanho da porção e os seus ingredientes, principalmente porque muita gente sofre com alguma alergia ou intolerância e precisa tomar cuidado com o que come. 

Não esqueça de explorar combos e promoções para atrair clientes.

3– Dê atenção ao processo de entrega, pois essa é uma das etapas mais importantes de avaliação por parte dos clientes. Além de um bom produto e em embalagens práticas, é necessário que ele seja entregue rápido e, preferencialmente, a um custo baixo.

Por isso, foque no tempo e valor da entrega.

4– Destaque seu restaurante com promoções e cupons de desconto.

Isso porque muitos usuários do iFood já abrem imediatamente o app nessa aba, procurando por opções mais baratas e melhores preços no geral.

Vincule o estabelecimento aos cupons de desconto promovidos pelo iFood também! Só não esqueça que antes de tudo isso é necessário que você calcule os seus custos de operação e se há viabilidade para tal ação.

5– Sempre fique de olho nas avaliações deixadas pelos usuários, já que é por meio delas que o seu estabelecimento pode ter uma nota positiva ou negativa.

O iFood inclui o seu restaurante como “Novo” até que ele receba 10 avaliações. Então, garanta a maior satisfação possível de todos os seus clientes!


Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply