Maquininha de cartão – Mercado Pago, Pagseguro ou Moderninha. Como usar?

O aumento na variedade de máquinas de cartão fez com que crescesse o número de modelos. Com o crescimento da concorrência, aumentou, também, a dúvida em relação ao custo benefício de cada uma delas. Com o objetivo de proporcionar maior comodidade aos seus clientes, os fornecedores buscam oferecer equipamentos com taxas cada vez menores. A maquininha, no caso, são as versões pensadas para autônomos e revendedores, são menores, com menos burocracia e taxas.

Tendo em vista a disponibilidade de diversas opções no mercado, umas com mensalidade, outras não, a Moderninha do PagSeguro tem ganhado espaço e popularidade entre o público, talvez devido à ausência de aluguel.

maquininha de cartao

Maquininha de cartão – Como usar?

A maquininha é muito simples e fácil de usar, visto que conta com um teclado numérico e uma pequena tela onde é possível visualizar os seus recursos.

A tecla F1 funciona como “menu” e a F2 configura os dados técnicos. No que tange às correções e retrocesso de ações, basta clicar no símbolo “<” na cor amarela. O botão “X” em vermelho tem a função de cancelar ações e o botão “O” em verde para confirmar.

O botão de ligar fica no canto superior direito. Para os cartões que não têm chip, há um leitor de tarja magnética no canto superior do lado esquerdo. Para os cartões que têm chip, na parte inferior há um espaço para encaixe. Do lado esquerdo há uma entrada USB para carregamento da bateria.

Tipos de maquininhas

Maquininha para celular Máquina sem aluguel Máquina tradicional
iZettle, SumUp, Minizinha, Payleven Moderninha, Mercado Pago Point, Cielo Lio, Stelo Cielo, GetNet, Stone, Rede
Compra onlineCompra onlineCompra online ou via revendedor
Pequena, leve e barataCobra pacote de dados mas não precisa de celularNão precisa de celular e aceita vários cartões
Precisa de celular compatível Mais cara, tamanho maior Altos custos fixos, taxas variáveis

Para saber sobre as máquinas de cartão tradicionais confira o texto de avaliação da máquina cielo. 

maquininha de cartao tipos

Vantagens do modelo

Há diversas vantagens em ter uma maquinha. Observe:

  1. Aumento de consumo

Tendo em vista que mais de 70% das pessoas possuem algum tipo de cartão, tornou-se praticamente obrigatório ter uma maquininha se quiser impulsionar o seu empreendimento. Quando um consumidor chega a algum estabelecimento e não há uma maquininha, é bem provável que ele desista da compra, haja vista o baixo número de pessoas que carregam dinheiro físico.

  1. Reduzir o risco de receber cheques sem fundo

A partir do momento que há uma maquininha disponível nos estabelecimentos, a necessidade de aceitar cheques é reduzida. Embora haja a possibilidade de consultar a situação cadastral das pessoas antes de aceitar o cheque, nada impede que esse seja o primeiro episódio.

  1. Agilidade no pagamento

É importante mencionar que a maquininha ajuda bastante o recebimento, fator esse que faz toda a diferença em estabelecimentos com intenso fluxo de pessoas. Isso se dá porque, ao receber o dinheiro, é preciso conferir o valor e por vezes providenciar o troco. Sem mencionar a hipótese de que as notas podem ser falsificadas. Com o cheque, o cliente tem que fazer o preenchimento, o que também demanda tempo. Ao passo que, ao usar cartão, em poucos segundos a transação é concretizada.

  1. Segurança durante a transação

É essencial mencionar que a maquininha elimina o acúmulo de grandes quantias de dinheiro no caixa, além da previsibilidade de recebimento em uma data única de todo o rendimento.

Quando um cliente usa o cartão, ele se sente mais confortável para fazer compras, haja vista a possibilidade de aumento dependendo do valor.

Antes de fazer a sua contratação confira no texto sobre como contratar uma máquina de cartão, o passo a passo e documentação necessária para o procedimento.

Desvantagens

  1. Aumenta o prazo de recebimento da venda 

O prazo de recebimento das vendas pode ser desfavorável para estabelecimentos com pouco capital de giro. Isso se dá porque as vendas são recebíveis, em média, em 30 dias quando os pagamentos são feitos à vista e 60 dias quando são parcelados. Logo, durante esse intervalo, o empresário precisará recorrer aos seus próprios recursos para manter em dia os seus pagamentos.

Embora as administradoras de cartões possibilitem antecipar os recebimentos, a taxa extra a ser paga sobre eles pode não ser tão lucrativa.

  1. Apresenta um custo maior ao empresário – taxas 

A desvantagem das maquininhas consiste nos custos que ela representa. Ao contratar o serviço, grande parte das administradoras arrecada o valor inicial que compreende entre R$ 60,00 e R$ 140,00. Sem fio e móveis são mais caras.

Adicionalmente, há o aluguel mensal, que gira entre R$ 40,00 e R$ 130,00 e a cobrança de taxas sobre as vendas, que podem ser:

  • de 2,5%, em média, nos pagamentos feitos com cartão de débito; e
  • de 4,5% para pagamentos feitos a prazo.

Embora haja algumas administradoras que não cobrem pela maquininha, elas diluem esse percentual nas transações. Portanto, as taxas de parcelamento são elevadas e pode haver cobranças adicionais.

Feitas essas considerações, salientamos que é possível encontrar valores de maquininhas e taxas adequadas para com o tipo de empreendimento. Sem contar que há a possibilidade de um grupo de empresas negociar em conjunto com as administradoras, ação essa que aumentará a possibilidade de obter condições mais favoráveis.


Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply