Modelo de DRE – O que é? Para que serve e Como usar?

DRE é a sigla referente à Demonstração do Resultado do Exercício, um documento obrigatório instituído conforme a Lei Federal nº 6.404/1976 para as organizações.

O modelo de DRE tem sua elaboração feita ao final de cada exercício social para demostrar a situação patrimonial da empresa. Entenda para que serve a DRE, como utilizá-lo, as informações que devem conter e o melhor modelo a ser seguido.

Para que serve o Modelo de DRE?

DRE

A DRE, como Demonstração do Resultado do Exercício, é um documento usado para que a empresa entenda quando está gerando lucro ou prejuízo.

De maneira geral, a DRE é elaborada por um contador experiente, afinal é um processo complexo que exige a avaliação de todas as receitas e despesas de um certo período de tempo (em geral, são 12 meses) concomitantemente ao balanço patrimonial.

Ou seja, a DRE serve como um demonstrativo resumido das finanças operacionais e não operacionais de uma organização.

Existem certas DREs que podem ser elaboradas todos os meses como objetivo administrativo e também trimestral para objetivos fiscais.

Com a visão fornecida pela DRE, será possível definir que processos e estratégias são mais apropriados para o momento que a empresa está passando, inclusive para auxiliá-la a superar imprevistos financeiros.

Como usar a DRE?

O modelo de DRE deve ser feito conforme os princípios do Regime de Competência para que as informações sejam lançadas não quando elas são recebidas, mas sim no período em que elas realmente ocorrem.

A quantidade de dados presente em um modelo de DRE dependerá também do porte da sua empresa, por isso entenda que quanto mais detalhes sobre a operação, mais será próximo do cotidiano da organização, enquanto que uma DRE ampla, mais estratégica será a visão dela.

A resposta da Demonstração do Resultado do Exercício pode ser simplificado em quatro etapas:

DRE

Receita líquida de vendas

O primeiro ponto é obter a receita líquida, apresentando-a através da Receita Bruta de Vendas, deduzindo-se as devoluções de vendas, os descontos comerciais cedidos, os abatimentos e os impostos.

Lucro bruto

O lucro bruto é obtido a partir da receita líquida, quando se deduz o custo das mercadorias e dos serviços vendidos.

Resultado operacional antes do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro

Do lucro bruto, é necessário subtrair todas as despesas operacionais, financeiras, gerais e administrativas. De forma inversa, se acrescentam as receitas operacionais para chegar no Lucro (ou Prejuízo) Operacional Líquido.

Resultado Líquido do Exercício

Com o obtido, acrescenta-se ou dele se reduz aqueles resultados não operacionais, como, por exemplo, as participações de administradores, empregados, partes beneficiárias, etc.

Com isso, alcança-se o Lucro Líquido do Exercício, o objetivo da DRE.

Informações no modelo de DRE

DRE

Alguns dados são considerados obrigatórios na estrutura do documento conhecido como DRE, independentemente do porte ou tipo de empresa.

Conforme a legislação – Artigo 187 da Lei 6.404/1976 –, essas são as informações que qualquer modelo de DRE deve possuir:

  • Receita bruta de vendas;
  • Deduções e abatimentos;
  • Receita líquida de vendas;
  • Custo dos produtos, mercadorias e/ou serviços vendidos;
  • Resultado bruto;
  • Despesas com as vendas;
  • Despesas administrativas;
  • Despesas financeiras;
  • Receitas financeiras;
  • Outros tipos de receitas e despesas;
  • Resultado obtido antes do Imposto de Renda (IR) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • IR e CSLL;
  • Resultado líquido do exercício.

A avaliação desses itens facilita a observação do percentual de lucratividade da empresa. Posteriormente, é possível notar como está sendo a evolução da organização e outros indicativos fundamentais, como o fluxo de caixa e o balanço patrimonial.

Modelo de DRE para empresa

A estruturação da DRE para uma empresa não segue um padrão único, pois depende da atividade da mesma para fazer uma completa definição de quais informações deverão ser apresentadas.

Por exemplo, uma empresa que trabalha com prestação de serviços fará uma DRE levando em consideração as despesas referentes à prestação desses serviços para se chegar na receita.

Já uma empresa no setor de vendas prezará pela receita de vendas, devoluções, assim como informações de custos e lucros dos produtos.

Embora seja considerado um documento obrigatório para a saúde da empresa, a DRE é uma ferramenta que detalha completamente o andamento.

Para ajudar nas decisões da empresa, a DRE se torna um documento com grande embasamento que facilita a implementação de estratégias e até mesmo incentiva o crescimento do negócio.


Recomendados para você:


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply